Ir para o conteúdo
ou

Dissertações

Busque por dissertações sobre gestão social e desenvolvimento territorial do CIAGS/PDGS.

 Voltar a Dissertações
Tela cheia Sugerir um artigo

A CONSTRUÇÃO SOCIAL DA MAESTRIA: um estudo dos mestres ceramistas da Bahia

31 de Agosto de 2016, 18:47 , por Gabriela Carvalho - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.
Visualizado 24 vezes

Autor: Luísa Mahin Araújo Lima do Nascimento

Orientadora: Eduardo Davel

Ano: 2011

RESUMO: O campo de atuação do gestor social se assenta num território onde interdisciplinaridade, desafios e tensões, complexidade de demandas, diversidade de atores no processo de diálogo e interação intra e inter-organizacional e institucional exigem habilidades e um perfil de gestão diferenciada. Saberes e competências são necessários para uma atuação e intervenções sociais positivas, sensíveis aos desafios postos, dedicadas a excelência nos resultados e alcance dos objetivos. Ao buscarmos compreender sobre tais saberes e competências, sob o princípio que a habilidade artesanal é um estilo de vida, um impulso humano básico e permanente, o desejo de um trabalho bem feito por si mesmo e que abrange um espectro muito mais amplo que o trabalho derivado de habilidades manuais (SENNETT, 2009), fomos em busca dos mestres artesãos ceramistas da Bahia como foco de estudo a elucidar a questão. Reconhecendo que a maestria é uma construção social creditada àqueles que possuem determinados saberes e competências institucionalmente legitimadas, foram sistematizados os saberes atribuídos aos mestres artesãos, passíveis estes de abstração aos gestores sociais e demais profissionais “artesãos ou artífices” de seus saberes e fazeres. A questão das competências bem como o perfil dos gestores sociais são problematizados na pauta da discussão. Esta pesquisa tem como base metodológica o estudo interpretativo, onde a análise do discurso subsidia as informações levantadas no processo. A partir de uma rede de informantes, tecida por especialistas em artesanato cerâmica da Bahia e publicações institucionais oriundas de organizações das instâncias pública, sociedade civil e academia, tivemos as informações principais levantadas. Esses informantes também nos levaram aos três mestres ceramistas analisados, dos quais apresentamos uma breve história de vida e suas experiências como mestres gestores de suas lidas no ofício. Como contribuição trazemos a reflexão sobre a construção social da maestria, a repercussão para as pesquisas sobre as competências e para as práticas dos gestores sociais. 

Palavras-chave: Construção social da maestria; Saberes e competências na maestria artesanal; Saberes e competências do gestor social; Mestres artesãos ceramistas da Bahia.

Download


Tags deste artigo: construção social da maestria saberes e competências na maestria artesanal saberes e competências do gestor social mestres e artesão ceramistas da Bahia