Ir para o conteúdo
ou

Dissertações

Busque por dissertações sobre gestão social e desenvolvimento territorial do CIAGS/PDGS.

 Voltar a Dissertações
Tela cheia Sugerir um artigo

ANÁLISE DA GESTÃO INTEGRADA DE RESÍDUOS SÓLIDOS: um estudo no município de Palmeiras - BA

31 de Agosto de 2016, 18:47 , por Gabriela Carvalho - | No one following this article yet.
Visualizado 20 vezes

Autora: Cinthia Sento Sé Oliveira Matos

Orientadora: Claudiani Waiadnt

Ano: 2014

Esta dissertação busca identificar os desafios para efetivação Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (GIRS) em municípios de brasileiros de pequeno porte, sob o viés da participação social e da concertação entre atores. Para isso, analisa o cenário do município de Palmeiras, no interior da Bahia, identificando os principais atores sociais no âmbito da gestão de resíduos sólidos, assim como os pontos de conflito ou convergência nas relações estabelecidas entre eles. Princípio da Política Nacional de Resíduos Sólidos, a GIRS revela-se também uma via estratégica para a realização das profundas transformações comportamentais apontadas pela legislação. No entanto, nem o rigor da lei nem as boas intenções de indivíduos e organizações parecem suficientes para alinhar interesses e ações, promovendo assim avanços para resolução dos complexos problemas inerentes à temática dos resíduos sólidos.Nos pequenos municípios, somam-se às dificuldades algumas dinâmicas que, historicamente, caracterizam esses espaços, como a pouca qualificação dos quadros públicos para lidar com problemas cuja solução demanda ações em longo prazo e a predominância das rixas ou afetos interpessoais em detrimento das relações institucionais. Compõe este trabalho também uma proposta de Tecnologia de Gestão Social, que pode ser usada para monitorar a ação pública e mobilizar a comunidade para a tematica da GIRS.

Palavras-Chave: Participação Social; Articulação; Gestão Integrada de Resíduos Sólidos; Resíduos Sólidos.

Download


Tags deste artigo: articulação gestão integrada de resíduos sólidos resíduos sólidos participação social