Ir para o conteúdo
ou

instituto multe cultural

Tela cheia
 Feed RSS

Blog

26 de Março de 2015, 15:40 , por Labor - | Ninguém está seguindo este artigo ainda.

INTOLERANCIA RELIGIOSA É CRIME

18 de Outubro de 2015, 9:54, por instituto multe cultural - 0sem comentários ainda

Bom dia meu povo. A ASSOCIAÇÂO DE MORADORES DAS BROMELIAS convocou na ultima quinta-feira, uma reunião com todos os pastores do condomínio para tratar de assunto referente a espaço religioso inadequado no condomínio, a participação foi proveitosa, porem como pastor e presidente do instituto multe cultural nas bromélias fiquei inconsolado. durante cinco anos( um no movimento social e quatro dentro deste condomínio sofrido e massacrado pela intolerância) venho tentando reunir pastores na causa do combate a intolerância religiosa e o apoio a propagação da historia das religiões e da cultura afro descendente dentro das comunidades, afim não de fortalecer o candomblé pôs o mesmo não precisa de tal apoio, mas na intenção de trazer as nossas crianças e adolescentes verdades reais da nossa cultura a tanto esquecida, mas eu não fui ouvido, me tornei uma voz no deserto, durante quatro anos eu nunca consegui reunir pastores para falar do instituto multe cultural, todos confundiram culto com cultura, os poucos que conseguiram decernir a intenção do projeto disseram ser muito trabalhoso e ter pouco tempo para participar de um projeto multe cultural devido o compromisso com suas congregações. no entanto quando o prefeito esteve nas bromélias e disse que não poderia construir templos religiosos, rapidamente os pastores não só buscaram criar uma ONG para me desarticular como também se reuniram dando total força a associação de moradores(que por sinal não é liderada por um evangélico, como também tem como linha de frente um pai de santo) NADA CONTRA A ASSOCIAÇÃO DE MORADORES POR FAVOR, mas eu gostaria de lembrar aos CRENTES DAS BROMELIAS que que foi criada na CAIXA ECONOMICA um GT de debate contra intolerância religiosa formado por lideranças religiosas ao qual eu como CRENTE represento humildemente os servos do SENHOR e não a religião escrachada evangélica,